Siga com seu Email, é mais fácil *O*

sexta-feira, 8 de julho de 2011

E quantas vezes vou ter que repetir que amo-te tanto sem parecer perseguição?



sábado, 2 de julho de 2011

Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.



quarta-feira, 29 de junho de 2011

Se você percebesse,

o que eu acabei de perceber que nós somos perfeitos um para o outro e nós nunca encontraremos outra pessoa. Apenas perceba o que eu acabei de perceber. Nós nunca teríamos que nos perguntar se nós perdemos nossa chance.



A primeira lição está dada,

o amor é onipresente. Agora a segunda: mas é imprevisível. Jamais espere ouvir "eu te amo" num jantar à luz de velas, no dia dos namorados. Ou receber flores logo após a primeira transa. O amor odeia clichês. Você vai ouvir "eu te amo" numa terça-feira, às quatro da tarde, depois de uma discussão, e as flores vão chegar no dia que você tirar carteira de motorista, depois de aprovado no teste de baliza. Idealizar é sofrer. Amar é surpreender.



terça-feira, 28 de junho de 2011

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Eu posso ser,

bem chata às vezes, ou até mesmo insuportável. Posso ser a pessoa mais legal que você vai conhecer. A mais animada, a mais alegre. Talvez a mais triste, a mais depressiva. Talvez a mais baladeira, ou a mais caseira. Talvez a única que prefira computador, à TV. A mais sem noção. A mais palhaça ou a mais séria. A mais educada, ou a que mais fale palavrões. Simplesmente não me defina, porque até eu não sei como vou estar no dia de amanhã.